O mercado iniciou a cotação em fevereiro com R$133, oscilando para R$134, e finalizou o mês com um ajuste negativo equivalente a R$131. A cotação para o mês de março continuou em queda, para R$128. Uma diferença de R$3.

Ainda assim, em relação ao mercado do mês anterior, as expectativas para o mês de março são boas, segundo um dos consultores que atuam em Araguaína Márcio Cotini. Ele espera que o mercado mantenha se firme mesmo que o preço da carne sofra reações e prevê uma pequena melhoria referente ao mês de fevereiro.

De acordo o consultor, esse ajuste é normal devido ao período festivo do carnaval em fevereiro, quando os gastos se sobrepõe em virtude das festividades. Porém, mesmo diante da situação o mercado ainda foi melhor em com comparação ao mês anterior, janeiro.

O período da quaresma iniciou em 14 de fevereiro e irá finalizar em 29 de março e com isso o consumo da carne bovina é limitada, a tradição religiosa opta evitar o consumo de carne vermelha, ocasionando a baixa no compra.

“A quaresma influencia, sim, no consumo. Mas, não é um fator determinante referente à compra”, afirma Cotini.  Ele ainda diz que a expectativa a curto prazo fica por conta da melhoria no consumo interno no inicio do mês, podendo melhorar movimentação no mercado.