Cenario Rural

Exportação de soja do Brasil deve avançar 4,4 milhões de toneladas em setembro

soja

O Brasil, maior produtor e exportador de soja, deve embarcar 4,44 milhões de toneladas do grão em setembro. Ou seja, 3,91 milhões de toneladas registradas no mesmo mês de 2020, estimou ontem (9) a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

Em relação a agosto, no entanto, a projeção da entidade é de queda, indicando que foram exportadas 5,79 milhões de toneladas no mês passado.

O volume de exportação esperado para este mês vai em linha com programação de embarques de navios citada no “line-up” da agência marítima Cargonave, conforme reportagem da “Reuters” publicada mais cedo.

Caso a estimativa se confirme, o Brasil deve registrar vendas externas de 78,7 milhões de toneladas de soja no acumulado do ano até setembro, mostraram os dados da Anec.

Para o milho, a associação vê embarques de 2,673 milhões de toneladas. Uma queda brusca ante os 5,763 milhões enviados ao exterior em setembro do ano passado, devido à quebra na segunda safra do cereal.

Em agosto, as exportações do cereal atingiram 4,2 milhões de toneladas, versus 6,68 milhões um ano antes. Entretanto, chegam a 12,8 milhões de toneladas nos nove primeiros meses do ano. (Com Reuters)

Fonte: Forbes

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *